Como são feitas nossas canecas

Nossas canecas são orgulhosamente produzidas em Pedreira-SP, a Capital da porcelana, que fica na região de Campinas-SP

PEDREIRA PRODUZ MAIS DE 5 MILHÕES DE PEÇAS POR MÊS, SENDO RESPONSÁVEL POR 50% DE TODA A PORCELANA PRODUZIDA NO PAÍS.

Uma tradição que começou em 1914 com a instalação da primeira fábrica, a “Fábrica Santa Rita de porcelana” criada por dois irmãos imigrantes italianos.

A porcelana é uma variedade de cerâmica dura, branca, que se distingue de outros produtos cerâmicos especialmente pela sua vitrificação, resistência, completa isenção de porosidade.

Todas as evidências apontam para o surgimento da porcelana na China da Dinastia "Tang" (618 – 907), mas teve na Dinastia "Song", que governou a China de 960 a 1279, a sua mais refinada produção com o afinamento da massa, elegância de formas e introdução de novos vernizes.

Por volta do século XVI, a porcelana obteve grande desenvolvimento na Coreia e no Japão.

Mas como é feita a Porcelana em Pedreira-SP?

Basicamente as matérias primas da porcelana são: argila (10%), quartzo (25%), caulim (40%) e feldspato (25%).

Depois de misturada, a massa é peneirada, em seguida é colocada em filtroprensas (equipamento de filtragem da água sob pressão), que tem por finalidade retirar o excesso de água deixando aproximadamente 25% de umidade.

A massa prensada é retirada e acondicionada em depósitos de envelhecimento, para sua conservação até a etapa subseqüente de vácuo, que transforma a massa em uma mistura homogênea e sem ar. Neste momento, atinge maior grau de plasticidade, podendo ser torneada.

Todas as canecas são feitas em tornos.

Depois de secas as peças sofrem a queima no forno a uma temperatura de 1300º C.
Nesta fase a massa torna-se completamente compacta, totalmente sem porosidade, adquirindo cor branca e vitrificada.

O PROCESSO DE IMPRESSÃO USADO SE CHAMA DECALCOMANIA.

Neste processo, um decalque é feito em silkscreen e posteriormente é aplicado nas canecas de forma manual. Os decalques são feitos de plástico bem fino, que são aplicados nas peças com o máximo de cuidado. Após ser colocado na posição correta, passa-se uma borracha para fixá-lo.

A queima no forno nessa etapa leva cerca de 5 horas, após atingir 780 graus. Dessa forma, a tinta funde com a porcelana e a impressão nunca mais vai sair.


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados